Participar de “Artists’ Alley” Vale à Pena?

O Que É "Artists' Alley"?

Vamos começar explicando o que é isso, para quem ainda não está familiarizado com o termo.

Artists’ alley é um espaço reservado para artistas, geralmente em eventos nerd/geek ou de cultura pop, como a CCXP (Comic Con Experience). Nesse tipo de espaço (que consiste basicamente de uma série de mesas dispostas lado a lado) vários quadrinistas e ilustradores expõe e vendem o seu trabalho, seja na forma de revistas de histórias em quadrinhos, “prints”, ilustrações, ou qualquer outro produto com suas artes estampadas, como canecas, chaveiros e camisetas. Alguns artistas também aproveitam esses eventos para fazer artes por encomenda (commissions), ou caricaturas ao vivo.

A cultura pop nunca esteve tão em alta no Brasil e no mundo. Os personagens dos quadrinhos invadiram as séries e os filmes de Holywood, e hoje representam uma grande fatia dos lucros das salas de cinema e dos serviços de streaming. Esse boom da cultura nerd/geek levou a um crescimento impressionante da quantidade de eventos desse gênero. O sucesso estrondoso da CCXP fez surgir muitos eventos menores, em várias cidades do país.

A maioria desses eventos conta com esse tipo de espaço, uma artists’ alley, ou “beco dos artistas”. As alleys apresentam uma oportunidade interessante para os artistas, pois permitem o contato direto com o público e a possibilidade de vender as suas publicações independentes, prints e outros produtos.

Vale À Pena Participar?

Apesar das óbvias vantagens, há também uma série de dificuldades na hora de participar de uma alley”. É importante que o artista, sobretudo o iniciante, tenha uma boa noção de todos os aspectos envolvidos e evite prejuízos desnecessários.

Nesse artigo, vou explorar as vantagens e desvantagens de participar de uma artists’ alley. Leia para entender como funciona, e como você pode se beneficiar das vantagens e evitar as desvantagens desse tipo de evento. Eu já posso lhe adiantar o seguinte: não é para todo mundo! Pode ser muito bom para alguns, e uma experiência péssima para outros.

A primeira "Alley" a gente nunca esquece! É uma verdadeira iniciação!

VANTAGENS De Participar De Uma Artists’ Alley

1 - Contato Direto Com O Público

Em uma alley, o quadrinista ou ilustrador tem a rara oportunidade de estar cara a cara com o seu público. O leitor ou fã geralmente conhece a obra mas não o autor, e fica muito feliz em cumprimentar o artista que admira. Por mais que haja interação artista/público através das redes sociais, nada supera a intensidade do contato visual, do aperto de mão, da foto, das palavras cordiais.

Lembre-se que você, por mais autoral que seja, está criando um obra não apenas para si mesmo, mas também para o seu público. Seja humilde, escute as críticas e os elogios com a mesma serenidade, e considere o feedback para aprimorar o seu trabalho na direção certa.

2 - Contato Com Outros Artistas

Em uma alley, você terá infalivelmente contato com outros artistas. Não seja tímido demais! Não fique muito fechado, ou desconfiado. O isolamento é prejudicial em qualquer área profissional. Troque cartões de visita, pergunte sobre as obras! Lembre que os outros artistas, apesar de concorrentes em potencial, são também companheiros de batalha. Vocês estão do mesmo lado. Trate-os com respeito, atenção e companheirismo. O sucesso de um é benéfico para todos. Uma alley é a ocasião perfeita para fazer novos contatos, parcerias e até mesmo, amizades.

3 - Contato Com Outros Profissionais

Além das vantagens de entrar em contato com o público e com outros artistas, uma alley pode ser importante para outros tipos de contatos. Os organizadores podem lhe oferecer ótimas oportunidades para participar de eventos futuros. Você pode conhecer pessoas que se interessem em comercializar produtos com suas imagens, como camisetas ou canecas. Você pode conhecer cosplayers para seus personagens, programadores para vídeo-games baseados em suas HQs, ou qualquer outro tipo de profissional que colabore com as suas ideias. Deixe a mente aberta a possibilidades incomuns. Quadrinhos é muito mais do que uma publicação impressa! Aproveite!

Amizades e parcerias podem surgir de um convívio amigável em uma "Alley"! Valorize esses momentos! Saiba ajudar primeiro sem pedir nada em troca!

4 - Divulgação Do Seu Nome E Da Sua Marca

Participar de uma alley é se colocar em evidência. É ocupar um espaço em frente aos holofotes, por mais simples que seja o evento. Você está diante do público e dos organizadores, está ao lado de outros artistas. Essa atuação fará parte do seu currículo. Irá render boas fotos para as redes sociais. Será uma experiência memorável, em todas as suas etapas. Produção, divulgação, logística, montagem de espaço, contato pessoal. Oportunidades ao alcance da sua mão. Você ganha “moral” com o público, os artistas e os organizadores. Mas também pode “se queimar”, se tiver uma atitude imatura ou muita falta de profissionalismo. Por isso fique atento!

Aproveite quando a Globo aparecer! Toda a divulgação é muito importante para a projeção do seu trabalho!

5 - Venda De Produtos

Apesar de parecer o propósito principal de uma alley, a venda direta de produtos, como quadrinhos, commissions, prints e outros, é na verdade uma vantagem secundária. Isso acontece porque você pode vender muito, ou pode vender pouco. O sucesso das suas vendas vai depender de uma série de fatores, como a qualidade do seu trabalho, os interesses específicos do público, a quantidade do público, sua localização, entre outros. Vender, mesmo que pouco, é uma grande alegria e dá estímulo para investir ainda mais na carreira artística. Porém, quando os gastos superam os lucros (o que é muito comum) essa alegria pode virar amargura.

Vender a primeira "print" é uma sensação muito empolgante! Depois disso, você já é oficialmente um "artista profissional". Não importa se vender muito ou pouco. Comercializar as suas obras faz toda a diferença.

DESVANTAGENS De Participar De Uma Artists' Alley

1 - Custos

Os custos para se participar de uma alley podem ser um tanto salgados. Alguns eventos são gratuitos, mas outros exigem o pagamento de uma taxa para que o artista possa garantir a sua mesa e vender os seus produtos. Essa taxa varia de evento para evento. A CCXP, por exemplo, cobra cerca de R$ 800 a mesa individual. Esse valor pode ser considerado alto para o artista independente, que geralmente possui uma série de responsabilidades financeiras, como boletos e filhos.

E não vamos esquecer os custos de passagem, hospedagem e alimentação. Considere também a impressão, armazenamento e transporte de seus álbuns, prints, banners, cartões de visitas, entre outros. Somando todos esses custos, participar de uma alley pode sair bem caro, e não há nenhuma garantia de que o artista conseguirá vender o suficiente para recuperar o investimento.

A maioria fica satisfeita quando não tem muito prejuízo, o que já é considerado uma vitória. Isso demonstra que o ganho financeiro não é o mais importante nesse tipo de evento. Poucos conseguem ter um lucro que supera os R$ 1000. Em outras palavras: Você não vai ganhar muito dinheiro com isso! O mais provável é que você gaste muito mais do que ganhe.

O custo para obter "prints" de qualidade pode ser muito alto! E nem vamos falar de publicar quadrinhos independentes!

2 - Fadiga

Participar de uma alley pode ser bastante cansativo. Muitos eventos exigem que os artistas permaneçam em seus postos por até 12 horas seguidas. Claro que você sempre poderá sair para ir ao banheiro ou comer alguma coisa, por isso é importante contar com a presença de um assistente ou fazer amizade com os outros artistas.

Arrumar a sua mesa, dar atenção ao público, fazer contatos, voltar e dar mais atenção ao público, todo o movimento… Tudo isso pode ser exaustivo, principalmente se você não é do tipo atlético. Sendo bem direto: cansa demais!! Por isso você precisa se preparar com boas noites de sono, boa alimentação, hidratação. Alguns eventos duram 2, 3 ou até mesmo 4 dias, exigindo a presença durante muitas horas. Esse tipo de maratona pode ser extremamente fatigante e com certeza vai te deixar baqueado por alguns dias depois que o evento terminar.

Segurar esse sorriso por 12 horas durante 4 dias seguidos não é para os fracos!

3 - Tempo

Se você é um artista independente, deve ter outras ocupações em sua vida, como trabalho, estudo, cuidados com a casa e os filhos… Por isso, o tempo que sobra para a sua realização artística é muito raro e precioso. O problema é que participar de uma alley consome muito tempo.

Não é apenas o dia do evento em si, mas toda a preparação logística que vem antes dele. Seleção e edição do material gráfico, impressão, compra de acessórios para montar a mesa (como toalhas, pastas e suportes para as artes), separação e embalagem das prints, banners, e cartões de visita, e muitas outras coisas que podem aparecer sem aviso prévio.

Então você empacota tudo, e vai. Você precisa chegar um pouco antes do evento começar, deixando a sua mesa organizada para o público. Você precisa sair um pouco depois que o evento terminar, pois precisa desmontar a sua mesa. Então você se desloca de volta para casa ou para o local onde está hospedado. Repita esse processo alguns dias, até terminar o evento. Depois de tudo, você ainda precisa arrumar o material que sobrou.

Ah, sim, não podemos esquecer da divulgação antes, durante, e depois do evento. Todo esse trabalho tem que render algumas boas postagens nas redes sociais, não é mesmo? Participar de várias alleys seguidamente, além de desgastante, pode ocupar a maioria do tempo que você deveria estar investindo na produção das suas obras.

E Então?!

Chegamos à grande questão: Considerando isso tudo, vale ou não vale à pena participar de artist’s alleys? A resposta mais correta é: DEPENDE! Depende do quê? Entre outras coisas, depende do seu estado atual como artista, da qualidade e quantidade dos seus trabalhos, do que você está buscando, em qual estágio está a sua produção, qual a sua situação financeira, qual a sua disponibilidade de tempo…

Participar De Uma Alley Pode Valer À Pena Se:

  • Você é um artista que já possui uma boa quantidade de obras, e está disposto a divulgar e vender.
  • Você é um quadrinista que já possui uma publicação independente, disponível para venda.
  • Você é um ilustrador que possui uma boa quantidade de fanarts com personagens populares.
  • Você dispõe de uma situação financeira favorável à participação nesse tipo de evento.
  • Você quer muito fazer contato com o público.
  • Você quer conhecer outros artistas e fazer novas amizades, parcerias e contatos.
  • Você quer conhecer mais sobre produção de eventos e fazer contato com pessoas que produzem eventos.

Participar De Uma Alley Pode Não Valer À Pena Se:

  • Você é um ilustrador iniciante e está insatisfeito quanto à qualidade de seu trabalho.
  • Você é um ilustrador que não possui fanarts com personagens populares.
  • Você é um quadrinista que ainda não possui uma publicação autoral disponível para venda.
  • Você está em uma situação financeira desfavorável à participação nesse tipo de evento.
  • Você está em um estágio de produção intensiva, e precisa canalizar o seu tempo livre para finalizar a sua HQ ou a sua série de ilustrações.
  • Você tem constituição física frágil ou algum problema de grave de saúde.

É isso aí!

Faça uma reflexão muito cuidadosa sobre a sua situação como artista. Pese os prós e os contras, e defina o momento certo de participar de uma alley ou deixar para outra ocasião. Mas não espere demais! Às vezes é preciso se jogar para aprender por si mesmo “a dor e a delícia” de ser um artista independente!

Eu desejo para você a melhor sorte do mundo nos caminhos da arte! Um grande abraço!

Pedro.

"Tudo vale à pena se a Alma não é pequena" - Fernando Pessoa.

Nesse Vídeo Eu Estou Em Uma Alley, Falando Sobre A Experiência!

Posted in Mindset.